Nave do Conhecimento recebe especialistas internacionais de efeitos especiais do VFX Rio 2015

5771839A Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia (SECT) promoveu, na manhã desta quinta-feira (03/12), uma palestra sobre efeitos visuais, na Nave do Conhecimento de Triagem, com as convidadas internacionais Mikki Rose e Pam Hogarth, duas das maiores especialistas do assunto, na atualidade. O encontro é uma parceria com o VFX Rio 2015 (evento de efeitos visuais para cinema, games, aplicativos e televisão), que ocorreu nesta quarta-feira (02/12), no Cine Odeon, reunindo profissionais e talentos de peso dos mais renomados estúdios de Hollywood, além das produtoras brasileiras O2 e Conspiração.

O secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Franklin Coelho, destacou a importância desse apoio com o VFX Rio 2015:

– É o primeiro evento internacional de efeitos visuais realizado no Brasil, que cria um campo de possibilidades de trabalho, não só de divulgação da experiência deles, como também de aprendizado dos próprios participantes de cursos das Naves do Conhecimento, que vêm trabalhando com as novas profissões.

5772172Antes de visitar a Nave do Conhecimento de Triagem, a especialista Pam Hogarth conversou — com a ajuda de um tradutor — com cinco alunos que já concluíram o curso de cinema e vídeo da Prefeitura do Rio. Na quarta-feira (02/12), o encontro informal serviu para uma avaliação preliminar do portfólio dos estudantes, que sonham em seguir a carreira cinematográfica. A troca de ideias aconteceu após a palestra “Como construir uma carreira internacional em efeitos visuais”.

— É com grande satisfação e surpresa que constato o interesse desses jovens por uma área tão fascinante. Não tenho dúvidas sobre a capacidade criativa desses jovens, que mostraram trabalhos genuínos e apaixonados. Fico feliz em ver o esforço do poder público em oferecer ensinamento para formar mão-de-obra qualificada, mas eles precisam praticar, assim como fazem os sambistas na Passarela do Samba — disse Pam.

Após visitar as instalações da Nave, Mikki Rose disse que o trabalho realizado pela prefeitura no local é extraordinário:

– Estou muito impressionada com a Nave do Conhecimento porque quando era pequena a tecnologia era diferente. É muito bom para as crianças e os jovens terem um lugar seguro como esse, onde eles possam interagir com todos esses meios tecnológicos. Adorei conhecer a Nave e ter uma boa visão das pessoas do Rio de Janeiro que me deram ótimas boas-vindas.

5772192Autor do “Bom dia, Santa Cruz” — curta de três minutos que mostra o desconhecimento das pessoas sobre o bairro de Santa Cruz — Sérgio Resende, de 26 anos, agradeceu a orientação da Pam Hogarth sobre a importância de resumir, com precisão, do que se trata o filme.

— Além disso, ela elogiou a fotografia do meu curta, mas lamentou o fato de não absorver a história por não entender português.

Outro que saiu satisfeito do encontro foi Maique Souza, 27, instrutor da Nave do Conhecimento de Nova Brasília. Ele apresentou a ‘Turminha do Paco’, que conta as peripécias de um papagaio desajeitado e inteligente, e entregou o DVD para Pam Hogarth.

5772184— Ela falou que está bem claro o que quero fazer, mencionou o ‘boom’ dos desenhos animados no ano 2000 e sugeriu que mantenha o foco. Espero que ela aprofunde a análise e me envie, por e-mail, outras críticas e sugestões.

Para Marlon Santos Ferreira de Jesus, 25, que filmou no Parque Madureira, o bate-papo valeu por uma aula particular:

— Como o documentário chama-se ‘O futuro começa hoje’, a Pam falou para eu gravar com todos os entrevistados daqui a um tempo para saber o que mudou na vida deles, mostrando o quanto a passagem do tempo pode mudar a vida das pessoas. Vou seguir a recomendação da professora.

Os alunos Paulo Almeida, 38, da Nave do Irajá, e Tamires dos Santos, 23, da Nave Vila Aliança, também aproveitaram os ensinamentos. Pam Hogarth orientou os jovens a participar de fóruns na internet, onde há troca de ideias sobre cinema e efeitos visuais. Para a especialista, é importante acompanhar os últimos lançamentos, as novidades tecnológicas e verificar os detalhes de filmagem e animação.

– Essa oportunidade é única na vida de quem curte efeitos visuais. Por isso aproveitei os dois eventos o de ontem, no Cine Odeon, e o de hoje, na Nave do Conhecimento. Como não tenho condições de ir para fora estudar e nem como custear um curso desses, não deixei essas chances de ter mais noção na área escaparem de mim – disse Tamires.

Anúncios

Sobre sectrj

Blog da Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia do Município do Rio de Janeiro
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s