Secretaria de Ciência e Tecnologia promove dia de debates no Rio Info 2015

Rio Info 2015A Secretaria de Ciência e Tecnologia (SECT) participou da 13ª edição do Rio Info – o maior evento de tecnologia, informação e inovação do país – promovendo um dia de debates sobre o tema “Cidades Inteligentes às Comunidades Inteligentes”. Nesta quinta-feira (17/09), especialistas no assunto participaram de painéis sob a coordenação do secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Franklin Coelho, discutindo temas como internet das coisas, big data, tecnologia na educação e saúde, legado das Olimpíadas Rio 2016, pesquisa e computação de alta performance.

É a quinta vez consecutiva que a SECT participa deste encontro nacional de tecnologia e negócios, que reuniu mais de dois mil participantes, 145 palestrantes, 22 delegações e 188 empresas de diferentes estados e países em três dias de evento.

– Buscamos trazer o setor da tecnologia de informação para uma discussão sobre a cidade. Queremos trabalhar a visão de uma cidade inteligente, discutindo como a população já está, e como pode ainda se apropriar dessas tecnologias para ter uma qualidade de vida mais elevada – disse o secretário.

No painel “Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem” participaram a professora doutora do Departamento de Ciência da Computação da UFRJ, Maria Helena Cautiero Horta Jardim, e José Armando Valente, coordenador do Grupo Gestor de Tecnologias Educacionais (GGTE) da Unicamp. Os especialistas debateram sobre o ensino híbrido, com o exemplo do trabalho que é realizado nas Naves do Conhecimento.

– O projeto das Naves é uma iniciativa que abrange novas formas de ensinar e aprender. Os três pilares do trabalho realizado nelas são a tecnologia inteligente, a pedagogia inteligente e a aprendizagem inteligente, que coloca o aluno como agente ativo de sua aprendizagem – explicou Maria Helena.

Com as participações de Marcelo Kalichsztein, médico pneumologista e estudioso de inovações tecnológicas na Área de Saúde, e do secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, o painel “Saúde Inteligente e Inovações Tecnológicas” promoveu o debate sobre o uso da tecnologia para aumentar o bem estar e qualidade de vida dos pacientes no atendimento médico. Marcelo defendeu que o maior desperdício financeiro na área da saúde se dá por erros no atendimento. Para resolver a questão ele propôs o uso de aplicativos que buscam reduzir esses erros e tornar a medicina mais humana, voltada para o paciente.

Daniel Soranz apresentou algumas medidas adotadas na reforma da atenção primária na saúde municipal, entre elas o prontuário eletrônico, que gera indicadores que auxiliam na gestão e, consequentemente, na melhora do atendimento. O secretario explicou como a rede de saúde municipal atende os pacientes:

– Um dos nossos pilares é a vinculação do profissional com o usuário, ou seja, o paciente e sua família são sempre atendidos pela mesma equipe. As Clínicas da Família reúnem em um mesmo espaço especialidades diferentes, permitindo que o paciente resolva tudo em um mesmo lugar. Além disso, trabalhamos junto com uma equipe de assistentes sociais para garantir que o atendimento chegue as pessoas que mais precisam.

Rio Info 2015 (Creathon)A SECT realizou durante o evento a entrega do Prêmio Creathon Intel, que escolheu o melhor projeto de aplicativo desenvolvido no 1º Creathon em Internet das Coisas. Durante dois dias dessa semana – terça (15) e quarta-feira (16) – oito grupos com cinco integrantes cada, representando as oito Naves do Conhecimento, concentraram-se no Espaço Startup Social da Nave de Triagem para desenvolver, com apoio de tecnologias da Intel, ferramentas tecnológicas que explorassem o conceito de Internet das Coisas (Internet of Things), ligando os objetos do cotidiano da população de um modo sensorial e inteligente. A equipe vencedora foi a da Nave de Madureira, com o projeto “Bustolt”, voltado para o transporte público. A iniciativa, escolhida por um júri de especialistas, vai ser integrada ao Rio Apps.

Participaram do Creathon jovens de 14 a 19 anos que frequentaram pelo menos um curso das empresas Intel ou Cisco ministrados nas Naves do Conhecimento de Santa Cruz, Padre Miguel, Vila Aliança (Bangu), Madureira, Irajá, Penha, Triagem e Nova Brasília, no Complexo do Alemão. Nessas oito Naves, as empresas oferecem, gratuitamente, cursos de “Tecnologia e Comunidade”, “Tecnologia e Empreendedorismo”, Easy Steps (iniciação à informática), “Tecnologia da Informação (IT Essentials) e CCNA (Cisco Certified Network Associate), de certificação em rede.

Anúncios

Sobre sectrj

Blog da Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia do Município do Rio de Janeiro
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s