PREFEITURA PREMIA VENCEDORES DA 2ª EDIÇÃO DO RIO APPS

Rio Appes 2014 137O prefeito Eduardo Paes participou, nesta sexta-feira (28/03), da entrega de prêmios aos vencedores da 2ª edição do “Concurso Rio Apps” de desenvolvimento de softwares, no Palácio da Cidade. A iniciativa da Prefeitura do Rio reconhece e estimula o uso de aplicativos que podem melhorar o cotidiano de moradores, empresas e turista no Rio de Janeiro.

O Rio apresenta um conjunto de desafios enorme. Mas, ao mesmo tempo, temos capacidade de encontrar grandes soluções. Por isso, é fundamental reconhecer os novos talentos, capazes de desenvolver aplicativos como esses, agora, premiados. Esse tipo de ação da prefeitura busca exatamente encontrar ideias inteligentes para a nossa cidade, para que possamos torna-la cada vez mais um lugar melhor para se viver — disse Paes.

rioapps2_3Organizado pela Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia, o concurso teve 264 projetos inscritos, dos quais 74 chegaram à fase final na disputa dos R$ 93 mil em prêmios, distribuídos em seis categorias — melhor aplicativo (1º, 2º e 3º lugares), prêmios Investidor, Aluno, Procon Carioca, dois por Escolha Popular e cinco menções honrosas. Os aplicativos vencedores abrangem as áreas de Saúde, Transporte, Turismo, Ordem Pública e Conservação, Meio Ambiente, Jogos (Games) e Defesa do Consumidor.

Esse concurso é um engajamento cívico porque os desenvolvedores pensam em direitos e deveres do cidadão para criar aplicativos em prol da cidade. O Rio é extremamente criativo, possui um material humano riquíssimo. A novidade deste ano foi o crescimento de jogos que educam, orientam e divertem — contou o secretário de Ciência e Tecnologia, Franklin Dias Coelho.

rioapps2_2Primeiro colocado no concurso com o aplicativo “Cidadão 10”, o desenvolvedor Frederico Szmukler Tannenbaum ganhou R$ 30 mil por ter criado uma plataforma online que faz uso das redes sociais para incentivar e recompensar as boas ações de cidadania. Os usuários podem sugerir ações, com data e hora marcadas, e compartilhar nas mídias sociais e outros canais de comunicação para mobilizar outras pessoas. No ato da realização do evento, os participantes registram tudo através de fotos e vídeos que serão compartilhados no Cidadão 10. As ações ficam expostas no app para serem votadas pelo público e analisadas por um júri. As ações que causarem maior impacto positivo na cidade serão premiadas.

Já tinha participado do Rio Ideias e foi o que me motivou a participar do Rio Apps. Sou muito agradecido à prefeitura por essa oportunidade e feliz por ter ganho o primeiro lugar. Quem sabe a gente não se torna o próximo Facebook – brincou Frederico.

Os desenvolvedores se basearam em ideias próprias ou se inspiraram em uma das 1.368 ideias inscritas na 2ª edição do concurso “Rio Ideias”, que precedeu o “Rio Apps” e cuja premiação ocorreu em agosto do ano passado. Um dos critérios de julgamento foi o potencial impacto sobre os moradores e visitantes do Rio de Janeiro, além da utilização das informações sobre a cidade disponíveis no banco de dados aberto riodatamine.com.br.

rioapps2_4Outro aplicativo que se destacou foi o game “Hugo Contra a Dengue”, desenvolvido por Thiago Malheiros Porcino, que ficou em 3º lugar e recebeu R$ 10 mil. O jogo busca educar e transmitir conhecimentos sobre a prevenção da dengue através de um jogo. O personagem principal precisa coletar algumas moedas e também itens que ajudam na reprodução do mosquito da dengue. O principal objetivo é derrotar todos os mosquitos da dengue espalhados a cada nível.

O aplicativo começou com um trabalho de pós-graduação na UFRJ e eu queria desenvolver alguma coisa que pudesse ajudar as pessoas. Como o meu know-how é de games, decidi criar uma forma da pessoa se divertir e se educar ao mesmo tempo. Quem quiser pode baixar de graça o aplicativo no Google Play — explicou Thiago.

Os R$ 93 mil em prêmios foram distribuídos da seguinte forma: Melhor Aplicativo (R$ 60 mil divididos entre os 3 primeiros – 30/20/10), 5 Menções Honrosas (R$ 2 mil para cada), Prêmio Investidor (R$ 5 mil), Prêmio Estudante (R$ 5 mil), Prêmio Defesa do Consumidor (R$ 5 mil) e 2 Prêmios Escolha Popular (R$ 8 mil – R$ 5 mil e R$ 3 mil).

Ano passado, o Rio conquistou o Prêmio World Smart City, em Barcelona, ao disputar com 200 outras cidades. A premiação foi conquistada com base em três projetos de alta gestão: o Centro de Operações Rio, a Central 1746 e o Porto Maravilha.

Conheça os vencedores

1º Lugar: Cidadão 10 (Ordem Pública e Conservação)
2º lugar: Rio UPA (Saúde)
3º lugar: Hugo Contra Dengue(Game)

Menções honrosas
1) #StreetArtRio (Cultura
2) Vizinhos (Ordem Pública e Conservação)
3) Bilhete Único Mobile (Transporte
4) Me Acorde No Ponto! (Transporte
5) Multinha (Ordem Pública e Conservação)

Prêmio Aluno
Vagashow(Transporte)

Prêmio Investidor
iRestaurante Básico (Turismo)

Prêmio Escolha Popular
1º Lugar: ErreJota (Cultura)
2º Lugar: DenúnciaRio (Meio Ambiente)

Prêmio Defesa do Consumidor
Procon RJ (Defesa do Consumidor)

Anúncios

Sobre sectrj

Blog da Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia do Município do Rio de Janeiro
Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s