A CIDADE DO FUTURO: PROGRAMA “RIO DIGITAL 15 MINUTOS”

Nave do Conhecimento da Penha (visita dia 080113) 032Nave do Conhecimento da Penha (visita dia 080113) 021Nave do Conhecimento da Penha (visita dia 080113) 036

Mais 40 Naves do Conhecimento por todo o município até 2016

Como uma das principais metas do seu segundo mandato, o Prefeito Eduardo Paes lançou o programa “Rio Digital 15 Minutos”, que consta da construção de uma rede de Naves do Conhecimento por toda a cidade, garantindo que exista um desses espaços comunitários digitais em um raio de pelo menos 1,5 quilômetro. Serão mais 40 unidades até 2016, o que garantirá à população carioca a inserção ao mundo digital por meio do acesso à informação e às inovações tecnológicas.
O Prefeito lançou o programa na solenidade de posse de seu secretariado (1º/Jan), no Palácio da Cidade. O secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Franklin Dias Coelho, será o responsável pela execução do “Rio Digital 15 Minutos”. A frente da pasta desde agosto de 2010, o secretário já viabilizou, neste período, uma Praça e quatro Naves do Conhecimento e assume, agora, a gestão das Praças do Conhecimento de Nova Brasília, no Complexo do Alemão, e a do Bairro Carioca, em Triagem.
Estas duas praças se juntam a de Padre Miguel, espécie de “nave mãe”, com cerca de 1.000 m², e as Naves do Conhecimento de Santa Cruz, Madureira, Irajá e Penha, todas com 450 m², aproximadamente. A próxima Nave a ser inaugurada, ainda neste mês de janeiro, será a de Vila Aliança, comunidade localizada entre os bairros de Bangu e Senador Camará, na Zona Oeste.

Um dos principais objetivos do “Rio Digital 15 Minutos” é a constituição de uma rede de conhecimento visando garantir aos cariocas o que existe de mais avançado em termos de cultura digital nas áreas de educação, entretenimento, serviços e formação profissional. É um projeto de democratização do conhecimento, permitindo acesso a internet e ferramentas de ensino a distância. Os espaços funcionam em interação pedagógica e cultural com as escolas da região, atuando como um complemento às atividades extracurriculares desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Educação. Facilitam, ainda, a melhor integração entre a comunidade e os serviços públicos prestados no local, funcionando, inclusive, aos finais de semana.

A SECT desenvolve o projeto em parceria com vários órgãos da Prefeitura, como IplanRio, Instituto Pereira Passos, Centro de Operações Rio, Rio Filme e MultiRio. Os parceiros externos são as empresas Cisco, Intel, CCR, Jornal Extra, TV Globo, Projeto Portinari, P3D, Instituto Cultural Cravo Albin, The Sequoia Foundation, Associação Comercial do Rio de Janeiro e as Universidades UFF e UFRJ. A conectividade em banda larga é garantida pelo Instituto Embratel.

Para agilizar a construção das naves e a implementação do programa, o prefeito publicou decreto no Diáro Oficial do dia 1º de janeiro criando grupo de trabalho que envolve todas as áreas da administração impactadas pelo projeto. Este grupo, formado por representantes da SECT, Educação, Cultura, Habitação, Obras, IplanRio e Saúde e Defesa Civil, tem 60 dias para apresentar o “Rio 15 Minutos Digital” detalhado e com os locais das naves definidos.

Os bairros que serão beneficiados já foram escolhidos, faltando apenas os locais específicos. A prioridade é para praças ou áreas degradadas e de fácil acesso. Segue lista dos bairros: Rocinha, Catumbi, Mangueira, Vila Isabel, Caju, Maré, Ilha do Governador (2), Cachambi, Quintino, Tomás Coelho, Honório Gurgel, Brás de Pina, Pilares, Pavuna, Praça, Seca, Covanca, Cidade de Deus, Taquara, Curicica, Guadalupe, Anchieta, Marechal Hermes, Realengo, Magalhães Bastos, Viegas, Santíssimo, Campo Grande, Senador Vasconcelos, Monteiro, Cosmos, Paciência, Inhoaíba, Urucrânia, Magarça, Areia Branca, Terreirão, Guaratiba, Pedra de Guaratiba e Sepetiba.

Cursos oferecidos nas Praças e Naves do Conhecimento: Alfabetização Digital, Tecnologia e Comunidade, Tecnologia e Trabalho, Tecnologia e Empreendedorismo, IT Essentials (Tecnologia de Informação e Comunicação de Dados), CCNA, Curso de Inglês voltado ao turismo, Oficina de Blogs, Libras, Realidade Virtual e Educação. Em breve serão ministrados os cursos de Oficina de Robótica, Repórter Cidadão, Hacketon (Maratona de hackers para desenvolvimento de aplicativos para uso dos moradores da cidade do Rio de Janeiro), Desenvolvimento de Aplicativos. Cursos em elaboração: MPB nas Escolas; Fotografia e Edição de Fotos; Filmagem e Edição de Vídeo.

– O avanço tecnológico no mundo atual exige novas mediações e conteúdos nos campos culturais, educacionais e nas relações de trabalho. As Praças e Naves surgem para fazer a ponte entre a população e esta nova sociedade do conhecimento. Com esta rede, o prefeito Eduardo Paes integra digitalmente toda a cidade do Rio de Janeiro”, conclui Franklin Coelho.

Anúncios

Sobre sectrj

Blog da Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia do Município do Rio de Janeiro
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s